05 novembro 2012

MÚSICOS DE RUA


as duas faces da moeda
[não resisti a este poema que achei encantador
encontrei-o por mero acaso, na net,
não sei o nome da autora]

Lá na minha rua eu podia ser tudo...
Bandida, mocinha, princesa, rainha...
E quando vencia qualquer brincadeira,
Eu era aclamada de "a heroína"!

Lá na minha rua eu podia ser tudo
Ter asas, voar, ser um passarinho...
Em árvores pousar, construir o meu ninho,
Cair, machucar e voltar a sonhar.

Ser bruxa malvada, uma feiticeira,
Pular e gritar ao redor da caldeira
Ver olhos de espanto de uma criançada,
Fugindo correndo da tal caldeirada.

Lá da minha rua eu podia ver tudo,
Um céu pintadinho de estrelas-cadentes,
A lua pertinho do final da rua,
Piscando, sorrindo, mostrando-se nua.

Lá na minha rua deixei registrada
Uma infância feliz, onde podia tudo,
Rua de pedrinhas, de luz, de brilhantes...
Rua dos meus sonhos, meu marco, meu mundo!!!









12 comentários:

  1. São mudas as neblinas nesta ilha
    É de pobreza o pão que alimenta o meu sentir
    Oiço o mar com os meus próprios dedos
    Parti do desencontro dos meus derradeiros medos

    Parti e deixei no cais mil dúvidas
    Lembrei tempos que corri feliz pelas amoras
    Nesses dias bebi sofregamente a vida
    Nesses dias a minha alegria era incontida

    Uma radiosa semana


    Doce beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Profeta, volta ao teu cais e desfaz as tuas mil dúvidas
      não se pode voltar atrás, mas pode sempre agarrar o presente
      e enquanto durar o momento...
      fica sempre a sensação de ter-se vivido uma vida inteira :))

      doce beijo também para ti :)

      Eliminar
  2. Sem dúvida é um encanto! recordei a minha infância e a minha rua onde fui tão feliz...
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lilá(s) eu penso que tu és uma pessoa feliz!
      tu sabes ser, sempre, uma pessoa feliz
      e eu acho isso maravilhoso!

      beijos

      Eliminar
  3. Minha querida

    Um poema maravilhoso como sempre as tuas escolhas são de muita sensibilidade e o vídeo lindo.

    Beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada querida Sonhadora :)))
      apareceram-me ambos assim... a saltitar-me diante dos olhos e não resisti a deixá-los aqui para não os perder :)))

      beijinho

      Eliminar
  4. lá na tua rua foste tudo... foste/és, música e Poesia... foste tudo.
    gostei da palavra "FELIZ"...!!

    a musica francesa atrai-me de encanto. este vídeo é de ouvir e repetir.
    é classicismo romântico, tão genuíno.

    bj...nho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ah..., agora fiquei sem geito, moço... 'bigada pela gentileza do carinho :))
      também adoro música fracesa. lembro de um video que te roubei faz tempo que não me canso de ouvir e ver também "les amants de saint jean"
      a música francesa leva-me ao meu passado de adolescente
      é uma nostalgia boa :))

      beijo
      até logo

      Eliminar
  5. O vídeo e o poema são mesmo interessantes, cada um à sua maneira.
    Gostei, porque gosto dé canções em francês e porque nasci na rua.
    Beijinhos, querida amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. barcelli, tu gostas de canções em francês...?! eu não sabia...!!!
      nasceste na rua :))
      és encantador, querido amigo :))
      beijo.

      Eliminar
  6. Concordo contigo, o poema é realmente encantador! Mas do vídeo gostei ainda mais, a voz e a musicalidade da cantora são dignos de registo!

    Uma belíssima partilha, como sempre!

    Beijo, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tenho esta mania de não gostar de ser piegas... (shiuuu, num digas nada...)
      ;)descobri essa miúda ontem, não me perguntes como porque não me lembro
      fiquei fascinada pela sua postura e pela poesia de intervenção.
      aquele poema encontrei-o depois, na procura de algo que tivesse alguma coisa a ver com o video, ambos são as duas faces da moeda-vida.
      todas as poesias dela são fantásticas, na minha opinião é claro, mas o ar leve como a música lhe sai, bem como as suas verdades, com toda a liberdade pura e serena do mundo, fascinou-me, completamente.

      beijo, boa semana para ti também.

      Eliminar